DESENHO DE CIRCUNFERÊNCIAS

A maneira mais comum de se desenhar uma circunferência é usando um compasso, mas não tem muita graça fazer isso, então mostramos aqui outra maneira de se desenhar circunferências, ou ao menos pedaços delas.

Esses mecanismos apoiam-se no Teorema do Arco Capaz. Para vê-lo aplicado, fixamos uma circunferência e também uma corda dessa mesma circunferência. Como a corda divide a circunferência em dois arcos, podemos escolher um deles e tomar um ponto qualquer nele. Daí, o teorema diz que o ângulo que esses pontos fazem com os dois extremos da corda é sempre igual.

O mecanismo então faz o contrário: fixa o ângulo com duas semirretas, força-as a passar pelos extremos da corda e o vértice traça o arco da circunferência! O vídeo abaixo mostra um pouco de como esse mecanismo funciona.